Saiba como tirar o CPF e RG do bebê e o quanto são importantes

São poucos os pais que se preocupam em tirar os documentos da criança logo após o nascimento, alguns preferem fazer isso depois de alguns anos e outros não fazem nas primeiras semanas de vida do bebê por que com a chegada do mesmo, os pais estão muito atarefados e em nenhum livro sobre gravidez é fácil encontrar recomendações para tirar tais documentos para o bebê. .
Aqui você vai ficar sabendo passo a passo como, quando e quais documentos necessita para tirar o RG e o CPF do bebê.

É importante tirar os documentos do bebê logo após o nascimento por simples razões: em caso de viagem em ônibus ou avião, você precisa mostrar algum documento do bebê. Para evitar andar com a certidão de nascimento do seu filho, nada mais fácil do que trazer consigo o RG do bebê. Em caso de viagens internacionais, também precisará ter seu passaporte e ter o CPF e RG do bebê em mãos para facilitar o processo, sem contar que o CPF é um documento que não tem validade, a criança pode usar o tempo que for sem precisar incomodar com isso no futuro.

Para fazer o RG do bebê, os pais responsáveis devem comparecer a um posto de identificação civil de sua cidade levando documento próprio com foto, para comprovar seu parentesco com a criança, certidão de nascimento original do bebê e uma foto 3×4 atual do bebê, tirada em fundo branco.

A primeira via do documento, que pode ser emitida em qualquer idade, é gratuita. Já a partir da segunda via, os postos de identificação cobram uma taxa de expedição que pode variar de cidade à cidade. O RG não tem prazo de validade, mas costuma precisar de ser renovado de pelo menos a cada 10 anos por necessidade da atualização da foto.

Caso você já tenha o CPF do bebê, o documento também deve ser apresentado e o número constará sobre o RG do pequeno.

Para fazer o CPF do bebê, os pais devem buscar uma entidade conveniada à Receita Federal em seu estado ou ir às agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal ou dos Correios. A emissão deste documento é gratuito em entidades públicas conveniadas e custa em torno de R$ 5,70 nos Correios, Banco do Brasil ou na Caixa econômica.

Para fazer o CPF, o responsável pela criança deve levar um documento próprio com foto, para comprovar seu parentesco com a criança e um documento de identificação do bebê (certidão de nascimento ou RG). Você pode tirar o CPF e RG do bebê ao mesmo tempo, mas caso o bebê já tenha o RG, é só apresentá-lo.

One thought on “Saiba como tirar o CPF e RG do bebê e o quanto são importantes

  1. Maria Luiza disse:

    Olá! Gostei de tudo que vi aqui! Você ganhou mais um seguidor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *