Quais documentos necessários para registrar um filho?

Quando um bebê nasce a felicidade toma conta da família e os pais vivem um momento tão importante na vida deles com a chegada do filho.

Após o nascimento, os pais devem também ficar mais responsáveis porque tem uma criança para cuidar.

Uma das dúvidas dos pais é em relação ao registro do bebê e como deve ser feito no cartório.

Se o filho já tem o nome, o casal deve se preocupar antes de ir ao cartório pelos sobrenomes, quais se encaixam melhor com o nome do bebê. Muitos costumam usar o primeiro sobrenome da mãe e por último, o do pai.

Depois de escolhido, o próximo passo para o casal é comparecer ao cartório acompanhado dos documentos que serão pedidos na hora de registrar o bebê.

Se você quer registrar um filho no cartório, lembre-se que isso não é uma tarefa difícil mas exige muito cuidado na hora, principalmente ficar atentos ao prazo de validade, pois isso é muito importante está buscando informações e também conversando com pessoas que entendem do assunto para não complicar quando for registrar o bebê.

Saiba quais são os documentos necessários para registrar um filho
– Declaração de Nascido Vivo, fornecida aos pais pelas maternidades e pelos hospitais ou pelo médico que tenha assistido o parto fora de estabelecimento de saúde.
– Cédula de identidade das pessoas que comparecerem ao cartório.
– CTPS (Carteira Profissional)
– Certificado de Reservista (no caso dos homens)
– Cédulas de identidade emitidas por órgão controlador de exercício profissional.
– Passaporte também pode ser usado, especialmente no caso de estrangeiros não domiciliados no país.
– Se os pais são casados, apresentar a certidão de casamento.

O registro do filho tem que ser feito pelos pais ou parente próximo da família também pode registrar?
De acordo com as informações obtidas, a declaração de nascimento deve ser feita com a presença da mãe e do pai, mas, caso eles estejam impedidos, o parente mais próximo sendo de maior idade e estando presente pode também fazer a declaração sem problemas.

Se os pais também forem menores de 16 anos, os documentos devem ser representados pelos pais ou responsáveis legais no cartório.

Tem prazo para os pais registrar um bebê?
Sim! Todo nascimento deve ser levado ao registro no local onde tiver feito o parto ou no lugar de residência dos pais, dentro do prazo de 15 dias, prorrogáveis por 45 dias. Nas localidades distantes, a mais de 30 quilômetros do cartório, o registro pode ser feito em três meses, também prorrogáveis por 45 dias.

O que acontece se passar do prazo de registrar a criança?
O registro da criança é muito importante e garante à ela o direito a uma identidade. Com o registro feito, é possível matricular a criança na escola, participar de programas sociais, trabalhar com a carteira assinada, casar-se e votar.
Se passar do período de registrar a criança não quer dizer que vai gerar multa porque os pais não precisam pagar nada mas o registro só poderá ser feito depois no cartório da circunscrição em que está a residência dos pais.

Veja abaixo, algumas dicas de como fazer para tirar uma nova certidão de nascimento
Você deve comparecer ao cartório onde a certidão de nascimento da pessoa foi emitida, levar os documentos de identificação, preencher o formulário de solicitação, pagar uma taxa de emissão e aguardar pela emissão da segunda via da certidão de nascimento.

Caso tenha outras dúvidas em relação ao registro do bebê ou está tendo dificuldades para registrar, procure pessoas que entendem do assunto, um oficial ou até mesmo um advogado e explique. Peça ajuda também aos outros que já registraram os filhos, nessa hora é muito importante.

One thought on “Quais documentos necessários para registrar um filho?

  1. Sadraque disse:

    Como posso registar meu filho em outra cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *